segunda-feira, 30 de junho de 2008

Rápidas do Leão

Equipe Toca do Leão
com Daniel Leal

- Suspensão e retornos: o lateral-esquerdo Dutra está fora do jogo contra o Cruzeiro, no próximo sábado, na Ilha. O jogador recebeu o terceiro cartão amarelo e está suspenso. Em contrapartida, estão de volta Luciano Henrique e Fábio Gomes. Durval, machucado, segue como dúvida.

- O Sport fará, nesta terça, às 20h30, um amistoso contra o Central, no Luiz Lacerda, em Caruaru. A intenção, segundo a comissão técnica, é observar os jogadores que não vêm sendo utilizados.

- A carreata do Sport, em comemoração ao título da Copa do Brasil está cancelada. O motivo? O péssimo retrospecto de três derrotas consecutivas no Brasileirão e a falta de clima para festejos. Não há uma nova data para comemoração.

- Jadílson. O jogador, que ainda sobrevive graças aos gols da série B de 2004, contra o Bahia (que livrou o Sport da terceirona), operou hoje o joelho direito pela segunda vez. O atacante ficará de molho, pela quarta vez, por seis meses. Essa é a quarta cirurgia de Jadílson, que também já operou o joelho esquerdo por duas vezes.

- Joélson. O atacante, que veio do Porto, está regularizado e à disposição de Nelsinho Batista para o restanto do Brasileiro. Joélson tem contrato com o Sport até o fim de 2009.

Onde está a raça, Sport?

Equipe Toca do Leão
Com Wagner Maia

Ao ouvir o presidente Milton Bivar nos programas esportivos de hoje, tive a impressão de que ele estava se referindo a outro jogo e não ao Sport x Flamengo que eu assisti. “O Sport jogou um baita futebol e perdeu para a melhor equipe do Brasil e futuro campeão brasileiro” foram as palavras proferidas pelo presidente.

Primeiro não acho o time carioca o melhor do Brasil. Segundo: dizer que o mesmo será futuro campeão é exercício de futurologia e estamos vivendo o presente. Terceiro: o que eu vi e os quase 28 mil presentes a Ilha também viram foi um Sport repetindo os erros já conhecidos (um meio de campo sem criatividade e um ataque inoperante) e jogando um futebol apático e displicente.

Durante a Copa do Brasil havia a desculpa de que o foco era a copa. E agora? A copa terminou, em três jogos acumulamos três derrotas e despencamos na tabela, nos aproximando da zona de rebaixamento. Qual a desculpa?

Aí vem o vice-presidente de futebol, Guilherme Beltrão, alegar que o Sport jogou desfalcado de Durval, Luciano Henrique e Diogo. Isso apenas reforça o que já dissemos em artigo anterior: é preciso contratar para completar o time e reforçar o elenco.

Alegar que a ausência deste ou daquele jogador é motivo para derrota, apenas reforça a necessidade de contratações. O mais grave é que está faltando ao time a raça e a superação que fizeram a diferença na Copa do Brasil.

Já está mais do que na hora da diretoria, da comissão técnica e do time esquecerem a Copa do Brasil e focarem no Brasileiro. Se não pudermos ser campeões, pelo menos não podemos repetir as campanhas de anos anteriores, onde a preocupação era não ser rebaixado. Além disso, suar a camisa, em respeito à torcida, é o mínimo que se espera do time.

domingo, 29 de junho de 2008

Diogo fora do Sport: palhaçada!

Equipe Toca do Leão
com Daniel Leal

Ridícula. Essa é a palavra que eu vou usar para descrever a atitude do lateral-direito Diogo.

O jogador treinou a semana inteira no time titular, ficou até o meio-dia de hoje na concentração e disse que não ia mais jogar contra o Flamengo. Que tivesse avisado antes...

Prejudicou muito o Sport, principalmente porque o time perdeu. O vice-presidente de futebol do clube, Guilherme Beltrão já avisou: Diogo não veste mais a camisa do Sport. Vai treinar em separado até que seja oficializada a proposta de alguma equipe para tirá-lo da Ilha.

OBS.: Isso só vai acontecer com o devido pagamento da multa rescisória do atleta, que ainda não foi divulgada. O provável destino do jogador é o Santos-SP.

Sport perde o jogo e a paz

Equipe Toca do Leão
com Daniel Leal

Após 22 jogos sem perder na Ilha, a derrota. E logo para o Flamengo. Frente a mais de 27 mil torcedores, com um gol de Obina quase aos 48 do segundo tempo, o time carioca venceu o Leão por 2x1, em pleno Recife.

O Flamengo, beneficiado pelos desfalques do Sport (sem Durval, Diogo e Luciano Henrique), apresentou um futebol um pouco melhor durante quase todo o jogo.

Os gols só saíram na etapa final. Aos 9 minutos, Obina fez o primeiro, em uma jogada ensaiada. Aos 30 minutos, após as saídas de Everton e Enílton, para as entradas de Sandro Goiano e Juninho, o time melhorou e Francisco Alex marcou o gol de empate.

Mas, chegando aos 48 da etapa final, em um contra-ataque rápido, Obina liquidou a fatura: Flamengo 2x1 e o Sport bem próximo da zona de rebaixamento, na 15ª posição.

Ficha Técnica

Sport 1 x 2 Flamengo

Local: Estádio da Ilha do Retiro, em Recife – PE
Renda: R$ 214.020,00
Público: 27.600
Árbitro: Sálvio Spinola Fagundes Filho – SP
Cartões amarelos: Dutra e Sandro (Sport); Ibson, Fábio Luciano e Jailton (Flamengo).Gols: Francisco Alex aos 30’/2T (Sport); Obina aos 9’/2T e aos 47’/2T (Flamengo).

Sport
Magrão; Luisinho Neto, Gabriel Santos, Igor e Dutra; Daniel Paulista, Everton (Sandro Goiano), Francisco Alex e Carlinhos Bala; Roger (Leandro Machado) e Enílton (Juninho).
Técnico: Nelsinho Baptista.

Flamengo
Bruno; Leonardo Moura, Fábio Luciano, Ronaldo Angelim e Juan; Jaílton, Cristian (Maxi), Ibson e Renato Augusto (Cleberson); Marcinho (Diego Tardelli) e Obina.
Técnico: Caio Júnior.

Retrospecto – SPORT X Flamengo

Equipe Toca do Leão
Com Wagner Maia

Desde o dia 18 de janeiro de 1925, quando jogaram amistosamente no campo da Av. Malaquias e empataram em 3x3, até o dia 1º de setembro de 2007, quando empataram em 1x1 no Maracanã, Sport e Flamengo se enfrentaram 34 vezes, entre amistosos, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro.

O Sport venceu 12 vezes, perdeu 15 e empatou 07. Marcou 41 gols e sofreu 52. Pelo Campeonato Brasileiro foram 22 jogos, com 08 vitórias do Sport, 04 empates e 10 vitórias do Flamengo. Como se vê, um confronto bem equilibrado.

No primeiro jogo entre os dois times, os gols leoninos foram marcados por Péricles Caldas (2) e Ary. O Sport jogou com
Fritz, Chico Altino e Alarcon; Adhemar Bezerra, Pedro Sá e Mathias Adour; José Miranda, Ary Peres, Whitam, Péricles Caldas e Aluízio Caldas.

Já no último jogo, o gol do Sport foi marcado por Fumagalli.

Ficha do jogo

Equipe Toca do Leão

Sport x Flamengo

Campeonato Brasileiro - Oitava Rodada

Local: Estádio da Ilha do Retiro, em Recife – PE
Data: 29/06/08
Horário: 16 horas
Arbitragem: Sálvio Spínola Fagundes Filho (SP), auxiliado por Milton Otaviano dos Santos (RN) e Cleriston Barreto Rios (SE).

Sport
Magrão; Diogo, Gabriel Santos, Igor e Dutra; Daniel Paulista, Éverton, Francisco Alex e Carlinhos Bala; Roger e Enílton.
Técnico: Nelsinho Batista.

Outros jogadores relacionados: Cléber, Luisinho Netto, Márcio Goiano, César, Sandro Goiano, Bia, Juninho e Leandro Machado.

Flamengo

Bruno; Leonardo Moura, Fábio Luciano, Ronaldo Angelim e Juan; Jaílton, Cristian, Ibson e Renato Augusto; Marcinho e Obina.
Técnico: Caio Júnior.

sábado, 28 de junho de 2008

Sport definido para pegar o Flamengo

Equipe Toca do Leão
Com Mariana Maia

O técnico Nelsinho Batista definiu, após o coletivo da tarde de ontem, o time que entra em campo, neste domingo, a partir das 16h, na Ilha, para enfrentar o Flamengo/RJ, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro da Série A.

Algumas mudanças foram necessárias. Durval, contundido na panturrilha, cede a vaga a Gabriel. O volante Éverton volta a equipe, no lugar de Sandro Goiano, por opção tática de Nelsinho.

No meio-campo, Francisco Alex ganha a chance de entrar de frente, pela primeira vez, no time do Sport. Com a suspensão de Luciano Henrique, Alex atuará ao lado de Carlinhos Bala, que vai jogar recuado. No ataque, Róger joga ao lado de Enílton.

Assim, o Sport está escalado, no esquema 4-4-2, com Magrão; Diogo, Ígor, Gabriel e Dutra; Daniel, Éverton, Alex e Carlinhos; Róger e Enílton.

As apostas da Ilha

Equipe Toca do Leão
Com Mariana Maia

Esta semana foi de muitas novidades na Ilha do Retiro, no que diz respeito às contratações para a temporada.

A diretoria resolveu apostar e contratou quatro atletas, todos da região. O atacante Joélson (Porto), os volantes Dudé (Hedenílton), que estava no Picos/PI e Moacir (Central), além do atacante Lúcio Curío (CSP/PB).

Apenas Moacir, que fez um belo Campeonato Pernambucano pelo Central, era "namoro" antigo do Sport e foi solicitado pelo treinador Nelsinho Batista. O volante assinou com o Leão por um período de três anos.

Moacir, curiosamente, já havia jogado no Sport, pelos juniores, e sido dispensado. Na época, atuava como meio-campista. No Central, jogou como lateral e finalmente volante, chamando a atenção dos rubro-negros.

Os demais jogadores, exceto Joélson, foram trazidos pela direção leonina, com o auxílio da nova aquisição rubro-negra, o olheiro João Maradona.

Os dispensados - Por outro lado, embora pouco divulgado pelo Sport, já deixaram a Ilha, após a Copa do Brasil, seis jogadores que não aprovaram no Rubro-Negro. O lateral-direito Bruno (recém-contratado), o zagueiro Cristiano, o lateral-esquerdo Salinas, o volante Felipe (parceria com o Villareal/ESP) e os atacantes Allan e Zé Paulo foram liberados.

Além deles, o meia Peter - que teve poucas chances no time, mas também não demonstrou um bom futebol - já havia pedido pra deixar o clube, insatisfeito por não estar atuando.

sexta-feira, 27 de junho de 2008

Nem o Santa Cruz, nem tão pouco o Náutico

Por Diego "Sorriso"

Na tarde de hoje, chegou o mais novo reforço a Ilha do Retiro. Trata-se do atacante Lúcio Curió, de 23 anos.

Ele, que disputou ontem um amistoso contra o Santa Cruz, pelo Centro Sportivo Paraibano (CSP), foi um dos destaques da partida e com isso chegou a ser pretendido pelos rivais da capital, Santa Cruz e Naútico.

Porém, a diretoria rubro-negra, correu por fora e assinou com a jovem promessa por 3 anos. O atleta, de 1,84m e 77kg, tem, além do CSP, passagens pelo GuarabiraPB, Novo Hamburgo – RS, Matsubara – PR e Nacional de Patos – PB.

O garoto, que quer ser chamado só pelo primeiro nome, além de assinar contrato, já deu entrevistas e até participou de um treinamento físico.

Ficha Técnica

Nome completo: Lúcio Teófilo da Silva
Local de nascimento: Guarabira (PB)
Data de nascimento: 02/07/1984 (23 anos)
Altura: 1,86m
Peso: 77kg
Clubes: CSP (PB), Guarabira (PB), Matsubara (PR), Patos (PB), Novo Hamburgo (RS), Patos (PB) e CSP (PB).

quinta-feira, 26 de junho de 2008

Assuntos Importantes

O Blog Toca do Leão traz, a seguir, dois assuntos muito importantes para o torcedor do Sport e sobre os quais já queríamos tratar há algum tempo. Com o sucesso do Sport na Copa do Brasil e o agravamento dos problemas, resolvemos colocá-los agora. Acompanhe e opine, através do texto do nosso colaborador Wagner Maia.

Questões Fundamentais

Equipe Toca do Leão
Com Wagner Maia

Domingo, dia 29, às 16h, teremos mais um grande jogo na Ilha: Sport X Flamengo. Por isso, queremos alertar a diretoria do Leão e pedir providências sobre dois problemas que têm sido uma constante nos grandes jogos realizados em nosso estádio.

1. Superlotação na área das cadeiras centrais

Não está sendo respeitada a lotação do referido local no que concerne ao número de cadeiras cativas e de aluguel. O número de pessoas com acesso ao local têm superado o total de cadeiras disponíveis e, em conseqüência, muita gente tem ficado em pé, ocupando as áreas de circulação e os degraus de acesso. Logicamente, as pessoas que ficam em pé na área de circulação tiram a visão dos que estão sentados nas primeiras filas, obrigando-os a levantarem e criando um efeito dominó, ou seja, todos ficam em pé.

Isto é um desrespeito aos proprietários das cedeiras cativas, que desembolsaram um valor para adquiri-las e que anualmente pagam suas taxas de manutenção. É um desrespeito também aos torcedores (não proprietários) que pagam mais caro, alugando uma cadeira por jogo. Todos têm o direito de assistirem aos jogos sentados e muitos estão sendo prejudicados, ao serem lesados em seus direitos.

2. Cambistas

Em todos os jogos, os ingressos estão se esgotando em poucos dias (na final contra o Corinthians esgotaram-se em um dia) e logo em seguida aparecem nas mãos dos cambistas, inclusive ingressos de sócios e estudantes, que só são liberados mediante apresentação das referidas carteiras. Como então os cambistas os adquirem? Será que existe esquema com os bilheteiros?

É preciso que a direção do clube, especialmente o setor de arrecadação, exerça uma maior fiscalização em respeito ao torcedor, principalmente aos sócios, que contribuem com o clube pagando suas mensalidades. Não é demais lembrar que a venda de ingressos por preços maiores do que os estabelecidos é crime contra a economia popular e aí caberia a ação da Polícia.

Sabemos que este é um problema mundial, que ocorre até em jogos da Copa do Mundo e em outras atividades artísticas como shows e teatros, mas se houver boa vontade por parte dos responsáveis poderá ser, pelo menos, diminuído.

Arbitragem divulgada

Equipe Toca do Leão
Com Mariana Maia

A CBF divulgou a escala de árbitros para Sport X Flamengo, pela oitava rodada do Brasileirão. O jogo está marcado para a Ilha do Retiro, no próximo domingo (29), às 16h.

Sálvio Spínola Fagundes Filho (SP), do quadro da FIFA, foi sorteado para árbitro principal. Seus auxiliares são Mílton Otaviano dos Santos (RN), também da FIFA e Clériston Barreto Rios, de Sergipe. O quarto árbitro é o pernambucano Niélson Nogueira Dias.

Atacante - Comenta-se que a direção do Sport está tentando trazer Ricardo Prediel, 21anos, atacante reserva da Seleção da Bolívia. Faz sentido: Guilherme Beltrão, em entrevistas, já declarou que o atacante do Leão pode vir do exterior.

quarta-feira, 25 de junho de 2008

Moacir finalmente contratado

Equipe Toca do Leão
Com Mariana Maia

O volante Moacir, que jogou o Pernambucano deste ano pelo Central, foi finalmente contratado pelo Sport. A negociação foi finalizada na tarde de hoje, durante reunião entre a direção rubro-negra e o presidente do clube do interior, Ronaldo Lima.

Moacir já vinha sendo pretendido pelo Sport desde antes do final do Estadual. Sua vinda para a Ilha vinha sendo dificultada, no entanto, pelo presidente do Central e por seu empresário, que queria levar o atleta para o eixo Sul-Sudeste.

Moacir está sendo aguardado no Sport nesta quinta-feira. O volante é o quarto reforço contratado pelo Leão para o Brasileiro. Antes dele vieram Fumagalli, o lateral-esquerdo Márcio Goiano e o atacante Joélson, que se apresentou ontem na Ilha.

Joélson já na Ilha

Equipe Toca do Leão
Com Mariana Maia

O atacante Joélson, que estava no Porto, apresentou-se ontem, dia de São João, na Ilha do Retiro. O jogador, de 20 anos, é piauiense e já teve uma passagem pelo Palmeiras. Nesta quarta-feira, o jovem valor já treinou com o grupo rubro-negro.

Joélson traz consigo um excelente cartão de visitas, que é o fato de ter sido formado no Porto de Caruaru, uma fábrica de talentos, mesmo clube de onde veio o lateral Diogo. Foi pelo Porto que o atacante disputou o Pernambucano 2008 e chamou a atenção dos dirigentes da Ilha.

Além de Joélson, o Sport possui para o ataque Carlinhos Bala, Enílton, Leandro Machado e Róger. De acordo com a direção leonina, mais um ou dois atacantes serão contratados em breve.

Dudé - Os dirigentes do Sport também confirmaram para esta semana a chegada de mais um volante. O paraense Dudé estava no Picos, do Piauí e virá para um período de testes.

Rápidas do Leão

Equipe Toca do Leão
Com Mariana Maia

*O meia Fumagalli recebeu liminar favorável do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), para que possa atuar pelo Sport antes da "janela" da FIFA para transferências internacionais. O atleta, no entanto, dificilmente jogará no próximo domingo, contra o Flamengo. Isso porque ainda é necessário que a Federação do Catar envie uma liberação da documentação de Fumagalli para o Brasil e que a CBF dê condições de jogo ao meia.

*O Sport pode estar trazendo de volta o meia Vítor Júnior, que jogou na Ilha no ano passado. Bem, pelo menos há o interesse do Leão no atleta, que anda "escanteado" no Santos...

*O volante Éverton foi absolvido pelo STJD, pela expulsão diante do Figueirense. Éverton não pegou um jogo sequer; de qualquer forma chegou a cumprir a automática, diante do São Paulo.

segunda-feira, 23 de junho de 2008

REFORÇOS JÁ!

Equipe Toca do Leão
Com Wagner Maia

A diretoria precisa agilizar a contratação dos reforços necessários para que o Sport possa fazer uma campanha no Brasileirão, dentro das expectativas da sua torcida. Os jogos estão acontecendo e os resultados estão deixando a desejar e a preocupar. Pontos preciosos estão sendo perdidos e poderão fazer falta no final.

Está provado que não temos ataque e que Róger e Leandro Machado não estão à altura do time. No meio de campo, Daniel Paulista e Sandro Goiano não têm reservas também à altura e na criação só temos Luciano Henrique e Fumagalli, que ainda vai estrear. Kássio, Juninho e Alex são promessas.

Portanto, dois volantes, um meia e dois atacantes precisam ser contratados. É preciso investir, afinal, logo após o Brasileirão, teremos a Libertadores e não devemos repetir a campanha de 1988, quando não passamos da 1ª fase e vencemos apenas o Alianza de Lima (Perú).

Outra coisa preocupante é a postura defensiva adotada pelo time em jogos fora de casa, o que deixa o Sport com o rótulo de time caseiro. Este ano, entre Copa do Brasil e Brasileirão, só vencemos uma partida, contra o Brasiliense.

Além disso, temos levado gols nos descontos, como aconteceu contra o Vasco e o São Paulo, por ter recuado além da conta. Talvez Nelsinho esteja adotando essa postura pois, ele melhor do que ninguém, sabe das deficiências do time.

Não podemos ficar satisfeitos apenas com a conquista da Copa do Brasil. Queremos e merecemos mais. É preciso contratar já!

Fumagalli vive expectativa da reestréia

Equipe Toca do Leão
Com Mariana Maia

O meia e ídolo da torcida do Sport, Fernando Fumagalli, está na expectativa de poder reestrear pelo Sport no jogo contra o Flamengo, no dia 29, pela oitava rodada do Brasileirão, na Ilha.

No final da semana passada, Fumagalli entrou com uma ação no Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), solicitando seu direito de poder atuar pelo Sport. Isso porque o meia estava no exterior e o período estipulado pela FIFA para transferências internacionais só começa no mês de julho.

O atleta e o Departamento Jurídico do Sport entram com o pedido de liberação, baseados na idéia de que ninguém pode ser impedido de trabalhar, já que Fumagalli não tem mais contrato com o Al Rayyan, do Catar, e sim com o Sport.

Após o parecer do TJPE, o Sport ainda precisa aguardar um certificado de transferência internacional, que deve ser enviado da Federação do Catar para a CBF, para que Fumagalli fique devidamente regularizado.

Luciano Henrique - O meia Luciano, titular do Sport, terá que ficar de fora do próximo jogo da equipe, contra o Flamengo, no próximo final de semana. LH cumprirá suspensão automática, por ter recebido o terceiro cartão amarelo, na partida contra o São Paulo, no último sábado.

sábado, 21 de junho de 2008

Sport encara o São Paulo, fora

Equipe Toca do Leão
Com Mariana Maia

O Sport volta a campo, no início da noite de hoje (às 18h20), para enfrentar o São Paulo, na capital paulista. O jogo é válido pela sétima rodada do Brasileirão.

O Leão, campeão da Copa do Brasil, vem de uma derrota por 3x1 para o Figueirense, em Santa Catarina. Já o São Paulo, atual campeão brasileiro, goleou o Flamengo, no Rio de Janeiro, no último final de semana.

Apenas um ponto separa o Sport(8) do São Paulo(9), na competição. Ainda assim, o Tricolor Paulista está na sexta posição, com duas vitórias, três empates e uma derrota. Já o Sport é o 12º colocado, com duas vitórias, dois empates e duas derrotas.

No histórico de São Paulo x Sport, na capital paulista, o Leão perdeu todas as 12 partidas que disputou. Assim, além de um duelo de campeões no Morumbi, esse é mais um molho para a torcida rubro-negra, que torce para ver seu time vencer o São Paulo, fora de casa, pela primeira vez na história. Dificil, porém não impossível, para um time que, há 10 dias, conquistou com muita competência e raça a sua primeira Copa do Brasil.

O time - Para o jogo de hoje, Nelsinho optou pelo esquema 3-5-2, com Gabriel reaparecendo na equipe, ao lado de César e Durval. Isso porque Ígor está suspenso. Diogo é o novo titular da lateral-direita, com Luisinho Netto ficando no banco. No ataque, Enílton ganhou a preferência do treinador, ao lado de Carlinhos Bala. Leandro Machado é opção.

Ausências - Dois jogadores que não puderam fazer parte da delegação rubro-negra, que viajou ontem à tarde para São Paulo, foram o meia Francisco Alex e o atacante Róger. Ambos pertencem ao Tricolor Paulista e, por contrato, não podem jogar contra o clube.

Opções - Para o decorrer da partida, Nelsinho conta com Cléber, Luisinho Netto, Cássio Lopes, Bia, Fábio Gomes, Kássio, Juninho e Leandro Machado. A novidade é a presença do lateral Cássio Lopes na delegação, que conta com 19 jogadores. Um deles sobra no momento do jogo.

No São Paulo, de Muricy Ramalho, duas ausências no time titular: o zagueiro Alex Silva e o volante Hernanes, que treinam com a Seleção Brasileira Olímpica. Para a vaga deles, Juninho e Zé Luís respectivamente, entram no time.

----------------------------------------------------------------------------

Ficha do Jogo

Campeonato Brasileiro - Sétima rodada

São Paulo x Sport
Morumbi, em São Paulo
21/06/08, às 18h20

São Paulo - Rogério Ceni; André Dias, Juninho e Miranda; Jancarlos, Joílson, Zé Luís, Hugo e Jorge Wagner; Borges e Aloísio. Técnico: Muricy Ramalho

Sport - Magrão; César, Durval e Gabriel; Diogo, Daniel, Sandro Goiano, Luciano Henrique e Dutra; Carlinhos Bala e Enílton. Técnico: Nelsinho Batista.

Árbitro: Gutemberg de Paula Fonseca, auxiliado por Marco Aurelio dos Santos Pessanha e Paulo Sérgio Durães Fernandes (todos do RJ).

quarta-feira, 18 de junho de 2008

Viva a gozação!

Equipe Toca do Leão
por Daniel Leal

Onde todos que caem, acabam perdidos a espera da salvação: LOST. Parece que não fizeram o resgate a tempo...



Aqui é Pernambuco, visse!?

Felipe, grande goleiro baiano do Corinthians, também entrou no embalo da música que tocava, sempre após as vitória do Sport, na Ilha. Valeu, Goleirão! Chupa que é de uva!


Eu pensava que eu odiava muito o Corinthians, mas ele me superou....



Não chora, não chora, não chora...vixe!


De volta a realidade

Equipe Toca do Leão
por Daniel Leal

Após a épica conquista da Copa do Brasil e da derrota para o Figueirense, a volta a realidade. A equipe rubro-negra se reapresentou ontem, debaixo de muita chuva, e os trabalhos físicos deram o tom do dia.

Pela manhã, foram realizados testes físicos e dois atletas se sobressairam: Juninho, 21 anos e, a grande surpresa, Luisinho Netto, 34 anos.

Já pela tarde, começaram os treinamentos com bola, enfocando-se a parte tática e técnica dos jogadores.

Perguntar não ofende

O jogador que foi um dos destaques do Sport no ínicio da temporada, caiu vertiginosamento na reta final da Copa do Brasil (salve o jogo contra o Vasco, em São Januário).

Muito se falava do condicionamento físico do atleta, pois essa parecia a única resposta para tamanha queda de rendimento. Porém, ontem, Luisinho Netto foi o destaque dos teste físicos, o que gerou um dúvida em todo mundo que acompanha o Leão:

se não é o físico, o que está havendo com Luisinho Netto?

O Sport e a Tríplice Coroa

Nelsinho, o comandante da conquista
Foto: JC Imagem (Arnaldo Carvalho)


Equipe Toca do Leão
Com Mariana Maia

Campeão Pernambucano (Tri) e Campeão da Copa do Brasil 2008. Direção, comissão técnica e jogadores do Leão agora voltam suas atenções para a disputa do Campeonato Brasileiro, que andava, digamos, em stand by, durante a disputa de sucesso da Copa do Brasil. Valeu ter poupado os jogadores para a Copa? Claro que sim, afinal fomos campeões.

Passadas as comemorações (que para a torcida ainda vão durar por muito tempo), o clube não pode se acomodar com a conquista da vaga à Libertadores de 2009 e precisa entrar de vez no espírito do Brasileiro. Já há quem fale na Tríplice Coroa (caso o Sport seja campeão brasileiro da temporada).

Estamos na 12ª colocação, com oito pontos em seis jogos. Os resultados foram bem equilibrados até aqui: duas vitórias (Fluminense e Palmeiras, ambas em casa), dois empates (Vitória em casa e Internacional fora) e duas derrotas (Botafogo e Figueirense, os dois fora).

No último jogo, contra o Figueirense, no sábado passado, tínhamos plenas condições de vencer, mas, além dos desfalques, o time parecia estar realmente de ressaca. Não tem outra explicação, já que o título havia sido conquistado menos de 72h antes e os atletas não tiveram quase nenhum tempo para descansar, nem treinar. Três pontos, porém, que podem fazer falta lá na frente.

Sábado que vem já tem o São Paulo, fora de casa, e a coisa começa a complicar. Nelsinho tem a missão de motivar os jogadores daqui por diante, para tentar chegar entre os primeiros times do Brasileirão, senão em primeiro lugar.

Por que não acreditar na Tríplice Coroa? Nada é impossível quando se tem um grupo forte, unido e com objetivos. O que não dá pra pensar, de forma alguma, é em "não cair". Isso já é passado pro Sport! Agora, o time é bom, mas é imprescindível reforçar.

Todos querem nossos jogadores

Jogadores campeões ficam valorizados
Foto: JC Imagem (Arnaldo Carvalho)


Equipe Toca do Leão
Com Mariana Maia

Após o título da Copa do Brasil, como já era de se esperar, alguns jogadores do Sport ficaram muito valorizados e começam a despertar o interesse de outros clubes.

Durval está sendo sondado pelos portugueses Sporting de Braga e Benfica (como já escreveu Irce Pires mais cedo). O lateral Diogo e o atacante Enílton, especula-se, também interessariam o Sporting.

Quanto a Luciano Henrique, o Santos - detentor de seus direitos federativos - pode estar interessado na volta do jogador. E até o adversário derrotado Corínthians, especula-se, estaria querendo Carlinhos Bala. Será?

Durval afirmou que a proposta portuguesa não é tão diferente do que ele recebe na Ilha e que irá conversar com a direção rubro-negra a respeito. Já Luciano, em entrevista ao programa Lance Final, da Globo Nordeste, no último domingo, declarou que "não iria errar de novo com o Sport". LH estava em um ótimo momento no Rubro-Negro, ano passado, quando deixou o clube para seguir o técnico Gallo, no Internacional...e se arrependeu.

Bem, nenhum jogador é inegociável, mas vamos esperar que a direção rubro-negra consiga a difícil missão de manter nossa base e reforçá-la ainda mais, não só para o Brasileirão, como também já pensando na Taça Libertadores do ano que vem.

Reforços - O comentário geral é de que o Sport deve buscar mais um zagueiro, um primeiro volante, um meio-campista e mais um ou dois atacantes. Alguns nomes comentados na mídia local são o de Pedrinho (meia do Santos e ex-Palmeiras), Luís Carlos e Finazzi, atacantes do Ceará e Corínthians, respectivamente. Até agora, chegaram para reforçar o Leão o meia Fumagalli e o lateral-esquerdo Márcio Goiano.

Resultado da Enquete

Equipe Toca do Leão
Com Mariana Maia

Durante a difícil e bela caminhada do Sport Club do Recife, na luta pelo troféu da Copa do Brasil 2008, fizemos algumas enquetes aos nossos internautas. Após passarmos pelo Internacional (quartas-de-final), quando tínhamos que encarar o Vasco, fizemos a seguinte enquete:

"Rubro-Negro, você acredita que o Sport conquistará a sua primeira Copa do Brasil?" Recebemos 199 votos, dos quais 173 (87%) diziam que sim, acreditavam no título. Apenas 26 leitores (13%), achavam que ainda não seria dessa vez.

Felizmente, foi dessa vez sim! Conquistamos, com todos os méritos o nosso terceiro título nacional (Série A de 1987, Série B de 1990 e Copa do Brasil 2008). Estamos na disputa da Taça Libertadores da América 2009, pela segunda vez em nossa história (a primeira foi em 1988). Continuo achando que 2008 (e por que não 2009?) são os nossos anos!

Agradecemos a todos que participaram da enquete. Aguardem a próxima!

Pra frente, Leão!

terça-feira, 17 de junho de 2008

Copa do Brasil - A Força da Imprensa de Pernambuco

Equipe Toca do Leão
Com Mariana Maia

Se tínhamos toda uma imprensa preconceituosa do Sudeste, quase que toda ela torcendo pelo Corínthians, tínhamos do nosso lado a imprensa - forte e atuante - do nosso estado.

Toda a mídia - rádio, TV, impressos, online - de Pernambuco soube valorizar o Sport Club do Recife e torcer, junto ao Leão, pelo sucesso do clube e de nosso estado em prol da conquista valorosa da Copa do Brasil, que, sem dúvidas, foi importantíssima para o Rubro-Negro, Pernambuco, o Nordeste e todo o nosso povo.

Nessa conquista, estivemos todos juntos, incluindo até alguns torcedores dos clubes adversários - Náutico e Santa Cruz - que pensaram mais alto e torceram por nossa região.

Manchetes do dia 12/5 - No dia seguinte ao título histórico do Leão, nossos jornais trouxeram manchetes bem legais. O Diário de Pernambuco repetiu o título do caderno de esportes de 08 de fevereiro de 1988, quando o Sport conquistou o Campeonato Brasileiro:

"SPORT, O BRASIL É TEU!"

No caderno de esportes do Diário, uma manchete bem provocativa: "Timao é este!"

O Jornal do Commercio adjetivou o Sport e provocou o time paulista desde a capa:

"TIMÃO É O SPORT!"

Quero destacar o Diário, ainda, pela capa do dia 11...o dia do confronto final:

"BASTA UM 2 X 0"...que trazia as palavras Vitórias, Campeão, Ilha e Raça para motivar a torcida rubro-negra e a equipe do Sport!

Valeu, Imprensa Pernambucana! Sem dúvidas, a conquista do Sport também é do nosso jornalismo esportivo!

Vale a pena conferir também o vídeo-desabafo (no youtube) de Luciano do Valle, um paulista que adotou Pernambuco e defendeu nosso estado, criticando os comentaristas inescrupulosos da Rede Bandeirantes, Mílton Neves, Godoy, Netto...pela falta de profissionalismo deles. Valeu, Luciano!

*Não pude ver a capa da Folha do dia após a conquista, por estar indisponível no site do Jornal.


Copa do Brasil - O Sport que emociona os rubro-negros...e cala os adversários!

Equipe Toca do Leão
Com Mariana Maia

Desde que a campanha do Sport começou a tomar corpo na Copa do Brasil (a partir do chute no Palmeiras), os rubro-negros e a imprensa pernambucana não pararam de falar sobre as bobagens que fomos obrigados a ouvir do lado de lá...Os adversários sempre jogavam mal. Não era o Sport que fazia uma boa campanha...na cabeça deles, lógico!

A transmissão da TV Globo (nacional) e o choro de Luiz Roberto na final enter Sport e Corínthians, na Ilha, foram o estopim da torcida deles pelo Corínthians. Quem assistiu ao jogo pela TV - e alguns amigos me disseram - teve que agüentar o modo distorcido de transmitir o jogo, que mais parecia ser em São Paulo, já que enfatizavam a pequena torcida do Corínthians (cerca de duas mil pessoas) e as musiquinhas deles...Até parece que não havia cerca de 33 mil rubro-negros fazendo a festa na Ilha e apoiando o time. Um absurdo!

Narrador e "comentarista" (o ex-jogador Müller) não estavam na Ilha. Müller chegou a se trair, quando, em determinado momento da transmissão, soltou essa: "Lá em Recife..." Lá?!?! A equipe da Globo do Rio de Janeiro e São Paulo parecia que não acreditava no que estava vendo...O SPORT CAMPEÃO!

E o que dizer, então, daquele pessoal da Bandeirantes (a apresentadora Renata Fan, o ex-árbitro Godoy, o pseudo-comentarista corinthiano Netto)...simplesmente desprezíveis em seus comentários.

Se o vencedor tivesse sido o time paulista, a repercussão na mídia do Sudeste estaria durando até hoje...Mas, como fomos nós, de Pernambuco, a repercussão nacional foi tímida. Tem nada não...o eixo do mal começa, embora tarde, a ter a dimensão de quem é o Sport e o futebol de Pernambuco.

Dá-lhe Leão!

Não custa nada lembrar...o novo hit do Corínthians:

"Não chora, não chora, não chora...
não chora, não chora, não chora...
não chora, não chora, não chora...
Tem a SEGUNDA, timão!"

Rotina de campeões

Equipe Toca do Leão
Com Irce Pires


Fôlego em dia – hoje pela manhã, a comissão técnica rubro-negra realizou testes físicos nos jogadores. O objetivo dos trabalhos foi analisar a condição física dos atletas após o desgaste na Copa do Brasil. O resultado foi gratificante: todos os atletas estão acima da média. Os mais bem condicionados são: Luisinho Netto, ou seja, o momento ruim que o atleta está vivendo não está ligado ao condicionamento físico, Juninho e Carlinhos Bala.

Os atletas retornarão aos trabalhos, desta vez técnicos, no período da tarde.

Portugal? – o zagueiro Durval confirmou que está recebendo propostas de vários clubes lusitanos. Segundo o diretor de futebol, Guilherme Beltrão, a multa para tirar o atleta do Sport está em torno de um milhão de euros, o que ele considera pouco para a qualidade de Durval.

Reforços – hoje à noite, a direção e comissão técnica do Leão deve se reunir para conversar sobre o elenco rubro-negro. Na pauta: reforços. O presidente Milton Bivar disse que a prioridade é trazer dois atacantes, um de velocidade e um de referência na área, e um volante. Ele afirmou ainda que na reunião será discutida a permanência ou não dos atletas do elenco atual.

Palácio em vermelho e preto

Ariano Suassuna, Mílton Bivar e Eduardo Campos,
na cerimônia do Palácio
Foto: Site Oficial do Sport


Equipe Toca do Leão
Por Irce Pires


Na noite de ontem, 16, comissão técnica, diretoria e jogadores do Sport foram homenageados no Palácio do Campo das Princesas. Os rubro-negros, liderados pelo presidente Mílton Bivar, foram recepcionados pelo governador do Estado, Eduardo Campos, para receberem a Medalha do Mérito dos Guararapes, em alusão à conquista da Copa do Brasil.

Nem todos os jogadores foram à festa, que contou com Magrão, Daniel Paulista, Sandro Goiano e Carlinhos Bala. Torcedores também compareceram e gritaram o famoso Cazá Cazá, agora ainda mais famoso.

Durante a solenidade, o governador, que é alvirrubro e também esteve presente à Ilha na semana passada, afirmou que o Sport foi Pernambuco de chuteiras. Estiveram presentes também autoridades e personalidades da cultura Pernambucana, entre elas o escritor Ariano Suassuna, que completou 81 anos ontem.

A Equipe Toca do Leão parabeniza o grande paraibano e torcedor do Sport, Ariano Suassuna, pela passagem dos seus 81 anos. E o presente (o título!) veio antecipado, hein!

sexta-feira, 13 de junho de 2008

Não chora, não chora, não chora!

Equipe Toca do Leão
Com Irce Pires

Após a vitória convincente do Sport, os torcedores pernambucanos ironizam o adversário da final. Os rubro-negros já criaram camisas e agora cantam “não chora, não chora, não chora”.

Os sorrisos após o primeiro jogo da final e durante a estada em um Resort, no Cabo de Santo Agostinho, saíram de cena, dando lugar ao choro do goleiro Felipe, após a falha no segundo gol rubro-negro, se estendendo a todo time e torcida corintiana.

No desembarque da equipe, em São Paulo, abatimento. Os jogadores estão ouvindo, dos seus “fieis”, os gritos de pipoqueiros. O time paulista está colhendo os frutos da auto confiança e, sem dúvida, o SPORT, campeão da Copa do Brasil, não sairá tão cedo da mente dos alvinegros.


Leia também, abaixo, outros textos da nossa equipe sobre a grande conquista do Sport.

"Inquestionável"

"Carlinhos Bala, um guerreiro do nosso título!"

Inquestionável

Equipe Toca do Leão
Com Irce Pires


O Brasil agora se curva diante de um time do Nordeste. O Sport calou muitos críticos e mostrou sua grandeza ao conquistar, pela segunda vez, o país. A equipe rubro-negra saiu do estereotipo de zebra para o de destaque na Copa do Brasil.

Em uma campanha que testou a humildade, frieza, superação e união da equipe, o sport venceu seus adversários e chegou à final, conquistando o título.

“Sport, uma razão para viver” – em casa, apoiado pela apaixonada e apaixonante torcida, o rubro-negro terminou invicto na competição. Apitos, balões, shows pirotécnicos, bandeiras e o cazá, cazá, cazá, que emociona e incentiva os jogadores, garantem a beleza da festa.

Pé quente – Ariano Suassuna, escritor, rubro-negro apaixonado e pé quente. O escritor assistiu a final da Copa do Brasil em um camarote na Ilha. Ariano cantou, vibrou e manteve a tradição na roupa e no pé quente.

Agradecimento

Equipe Toca do Leão
Com Irce Pires
Informações de Thelmo Falcão

Luiz Carlos Guimarães. Você não o conhece? Ele é o responsável pela negociação junto às empresas de materiais esportivos do Leão. Guimarães é também um torcedor fiel. Sempre presente na Ilha, ele contribui para a enorme e bela festa rubro-negra.

É especialmente a ele que eu agradeço, afinal eu fui um dos milhares de torcedores que não conseguiram comprar ingresso. Luiz, milagrosamente, possibilitou que eu participasse da festa, me disponibilizando um ingresso.

Obrigada Guimarães, por garantir bons contratos ao Sport, por engrossar o coro na torcida e por me viabilizar participar de um momento histórico.

Carlinhos Bala, um guerreiro do nosso título!

Carlinhos Bala, contra o Corínthians
Foto: Site Oficial do Sport

Carlinhos foi um dos atletas que comandou o Sport nessa conquista histórica da Copa do Brasil

Equipe Toca do Leão
Com Mariana Maia


O atacante Carlinhos Bala, ainda nas semifinais da Copa do Brasil, contra o Vasco, no Rio de Janeiro, já revelava ao país a sua fé no título nacional. Carlinhos, na ocasião, afirmou que em suas conversas com Deus, tinha recebido a revelação de que, neste ano, o Sport seria mesmo o Campeão da Copa do Brasil. Naquele jogo sofrido e cheio de pressão dos adversários, em São Januário, Carlinhos converteu o pênalti que carimbou o passaporte do Leão às finais. Iluminado Carlinhos!

Veio a partida contra o Corínthians, em São Paulo. Perdíamos por 3x0, mas o gol de Enílton encheu a torcida e o time rubro-negro de alegria e boas expectativas. Heróico Enílton! E Carlinhos falou daquela vez: "Foi o gol do título". Nosso atacante, com essa frase, gerou em nós muita emoção, e nos adversários, a ira e a desconfiança. A confiança de Carlinhos foi um molho a mais no preconceito e na arrogância da mídia do eixo Rio-SP e de seus torcedores.

De novo, Carlinhos estava certo na sua fé. No jogo final, na Ilha, precisávamos de 2x0 e foi logo ele quem marcou o primeiro gol, num belo chute cruzado. Luciano Henrique fez o segundo, quatro minutos depois, para delírio da torcida rubro-negra que lotou o estádio, os bares do Recife e pelo Brasil. Uma torcida que acompanhou o Leão da Ilha também pela TV e que no final pôde soltar o grito preso na garganta: "É Campeãããããão".

O Desabafo - A nossa conquista da Copa do Brasil foi um grito não só do Sport, mas também do estado de Pernambuco, do povo nordestino.Um grito contra os que se dizem os maiores clubes do Brasil. Um desabafo contra a arrogância, a prepotência, a discriminação de cartolas, torcedores e de vários "jornalistas", que torceram muito por Corínthians, Vasco, Internacional, Palmeiras...Pessoas que tinham o Sport, o tempo inteiro, como um "azarão". Pois é, o "azarão" é o Campeão agora!

Parabéns, Carlinhos, Enílton, todos os jogadores, comissão técnica, direção rubro-negra! Parabéns torcida do Sport Club do Recife. E para a mídia paulista que dizia que "o Sport queria ser grande": Nós já somos grandes!

O título da Copa do Brasil é o terceiro de nível nacional do Sport Club do Recife, que já acumula o Brasileirão de 1987 e a Série B de 1990. O dia 11 de junho foi pra nos encher de orgulho, pra não ser esquecido, para termos esperanças num futebol cada vez mais de qualidade. Pra sermos cada vez mais respeitados nesse país. Fizemos por onde merecer!

Que venha a Libertadores! Pra frente, Sport! Não podemos parar de crescer!

quinta-feira, 12 de junho de 2008

É campeão da Copa do Brasil ! ! !

Sport mostra raça e competência e conquista sua primeira Copa do Brasil!

Equipe Toca do Leão
Com Mariana Maia

O Sport Club do Recife viveu ontem, com sua imensa e apaixonada torcida, uma das maiores alegrias da história gloriosa do Leão da Ilha. O Rubro-Negro traz pra sua galeria de conquistas, seu terceiro título nacional: Campeão Brasileiro de 1987, Campeão Brasileiro da Série B (1990) e agora o inédito título da Copa do Brasil.

Foi um título conquistado na base de muita competência, determinação, trabalho árduo e raça, não só do grupo de jogadores, como também, claro, da comissão técnica, comandada por Nelsinho Batista e da direção do Sport, que tem a frente o presidente Mílton Bivar.

Foi uma vitória maiúscula, obtida nos gramados e fora deles, contra a parcial e preconceituosa mídia do Sudeste e Sul do Brasil. Contra os preconceituosos dirigentes e torcedores dos clubes que se intitulam "os melhores do país".


A Campanha - Em doze jogos, vencemos sete (Imperatriz em casa, Brasiliense nos dois confrontos, Palmeiras em casa, Internacional em casa, Vasco e por fim o Corínthians, na Ilha). Empatamos dois jogos (Imperatriz e Palmeiras, ambos fora) e perdemos apenas três (Internacional, Vasco e Corínthians, todos fora).

Contra o Vasco, deixamos que eles igualassem o placar, no Rio de Janeiro, mas tivemos tranqüilidade pra segurar e levar pros pênaltis, e competência para não desperdiçar nenhuma cobrança. Contra o Corínthians, em São Paulo, quando tudo parecia perdido, veio aquele gol de Enílton e reacendeu o ânimo dos rubro-negros. Era o gol do título, como afimou Carlinhos Bala.

E ontem, nossos jogadores tiveram o equilíbio e a raça que é peculiar ao Sport Club do recife. Com muita competência, Carlinhos e Luciano marcaram os gols que precisávamos: 2x0. A torcida acreditava, lotou a Ilha e apoio. E, no final, pôde ver o Leão em destaque para todo o país: no pódio dos vitoriosos e no topo do sucesso.

Parabéns a todos que fazem o Sport Club do Recife, parabéns a essa maravilhosa, fiel e imensa torcida que faz desse clube um dos maiores desse país.

Este título é contra tudo e contra todos, como sempre, na história do Leão do Norte. E quem não nos respeita, no Sul/Sudeste desse país, agora vai ter que nos aturar.

Ah...é Pernambuco!!!! Ah...É Pernambuco!!!

A escalação campeã, ontem: Magrão; Diogo, Durval, Ígor e Dutra; Daniel, Sandro Goiano, Kássio (Enílton) e Luciano Henrique (Éverton); Carlinhos Bala e Leandro Machado (Róger). Técnico: Nelsinho Batista

quarta-feira, 11 de junho de 2008

Campeãããão!

Aê galera, sou o Thiago Neres, que ajuda a equipe do blog com design e rubro-negro com muito orgulho. Eu não posto aqui, mas dessa vez foi inevitável.

O LEÃO FOI CAMPEÃO, NOSSO TIME PERNAMBUCANO É FODA!

Estamos de parabéns, jogamos muuuuuuito!
E dá-lhe Sport!

Cazá, cazá! Cazá, cazá, cazá!

(Comentários do jogo mais tarde, com a equipe do blog)

Dia Histórico...Dia de ser Campeão!

Mascote Léo, nosso Campeão Brasileiro de 1987
Charge de Humberto



Equipe Toca do Leão

Digamos que neste 11 de junho de 2008, o Sport Club do Recife disputa a segunda partida de futebol mais importante de sua história. A primeira foi em 07 de fevereiro de 1988, quando o Leão conquistou o Campeonato Brasileiro de 1987, diante do Guarani, na Ilha.

Na noite de hoje, novamente em seu palco, o Rubro-Negro Pernambucano recebe o Corínthians, e vai lutar para conquistar seu terceiro título nacional (já que teve o da Série B, em 1990), sendo o primeiro na Copa do Brasil.

Força, Sport! Força, Nação! Fizemos por merecer chegar até aqui. Nós, da Equipe Toca do Leão, acreditamos neste título!

Veja, abaixo, o pré-jogo, com Irce Pires.

É HOJE!

Equipe Toca do Leão
Com Irce Pires

Um jogo para entrar na história: essa é a primeira vez que a partida final da Copa do Brasil acontece em um estádio do Nordeste. O palco da festa será a Ilha do Retiro ou a “La Bombonilha”. O Sport busca o título inédito, enquanto o Corinthians quer levantar a taça pela terceira vez.

Torcida – Os torcedores prometem fazer a sua parte. Em apenas oito horas (ainda na segunda-feira), todos os ingressos para a torcida do Sport se esgotaram. Durante todo o dia de ontem a sede do clube foi tomada pelas torcidas organizadas, que preparavam bandeiras e materiais para a festa.

Ingressos para visitantes – A polêmica continua. A torcida alvinegra, que esperava encontrar uma carga de 3.200 ingressos, terá que se contentar com 950 bilhetes entregues à sua diretoria. Isso é uma resposta aos 1050 bilhetes destinados aos rubro-negros, entregues ao presidente Milton Bivar, para o jogo no Morumbi. Estima-se que chegue, ao Recife, amanhã, cerca de 5 mil corintianos. A torcida organizada Gaviões da Fiel já avisou, em tom de ameaça, caso não encontre ingressos à disposição: “A Gaviões não protesta, ela age”.

Mistério
– Os dois treinadores, Nelsinho Batista e Mano Menezes, adotaram a tática do treino secreto. Os rubro-negros treinaram no CT do Intercontinental (na segunda-feira) e na Ilha (ontem). Os paulistas, hospedados no Cabo de Santo Agostinho, fizeram, na tarde de ontem, o último treinamento. Ambas as equipes vetaram a cobertura da imprensa.

Romerito – O jogador que foi personagem na campanha do Sport ficou fora das finas da competição. Mas, o meio campista já avisou que será um torcedor ao estilo rubro-negro. Ele disse ainda querer participar da festa no gramado, junto aos atletas. Romerito deve chegar hoje, por volta das 12h. Ele terá, na torcida, a companhia de Fumagalli e Juninho Pernambucano.

Sport...


Os rubro-negros estão confiantes e preparados para a decisão. O pensamento é um só: é o jogo da vida do Sport. O time precisa ganhar por dois gols de diferença no tempo normal e o retrospecto de jogos na Ilha é animador. Jogando em casa e precisando marcar, Nelsinho deve botar em campo uma equipe mais ofensiva, podendo entrar até com três atacante: Carlinhos Bala, auxiliando Luciano Henrique na armação das jogadas, Leandro Machado e Enílton.

No último treino, ontem, o treinador disse já ter definido a equipe, mas só divulgará momentos antes. Na manhã de hoje, os jogadores vão treinar cobranças de pênaltis. Caso a partida termine em 3x1 para o Sport, o coração dos torcedores vai sofrer novamente.


Corinthians...

No alvinegro a convicção na conquista do título é quase evidente. A lei do silêncio não esconde o clima de descontração na equipe. Assim como Palmeiras e Internacional, o “timão” vai para o jogo como o favorito.

A equipe de Mano Menezes não deve mudar. A única dúvida do treinador é se Lulinha terá condições de jogo (ele ainda se recupera de uma lesão na bacia). Caso não jogue, Lulinha será substituído por Alessandro, mais uma vez improvisado no meio campo.

O jogo...


A final sem dúvida será emocionante. Trata-se de dois times onde a raça é característica principal. Times que as torcidas entram em campo. Esse é o aspecto favorável ao Sport. Em casa, o Rubro-Negro não perdeu em 2008. O gol no final do último jogo reascendeu a chama vermelha e preta.

O Corinthians tem, ao seu favor, a vantagem no placar, podendo perder por até um gol de diferença. Por ter um ataque eficiente, que raramente passa em branco, diferente do Sport, oferece perigo a todo momento e, caso marque um gol, poderá complicar a vida do Leão. Para parar o jovem ataque corinthiano, liderado por Herrera, uma zaga sólida, comandada pelo xerife Durval.

Apesar da vantagem do Corinthians, ainda vejo a final como algo indefinido. Impossível prever o que irá acontecer nos 90 minutos de jogo.

Vamos lá, Leão, não tem nada perdido. Vamos mostrar a força de Pernambuco e fazer com que esse título fique na Ilha.



Ficha do jogo:

Sport: Magrão, Luisinho Netto, Igor, Durval e Dutra; Daniel Paulista, Sandro Goiano, Luciano Henrique e Carlinhos Bala; Enílton e Leandro Machado. Técnico: Nelsinho Batista.
Também relacionados: Cléber; Diogo, César; Fábio Gomes, Éverton, Júnior Maranhão, Kássio; Róger.

Corinthians: Felipe; Carlos Alberto, Chicão, William e André Santos; Fabinho, Eduardo Ramos, Alessandro (Lulinha) e Diogo Rincón; Herrera e Dentinho. Técnico: Mano Menezes.

Local: Ilha do Retiro.
Horário: 21h50.
Árbitro: Alicio Pena Júnior (Fifa-MG).
Assistentes: Alessandro Álvaro Rocha de Matos (Fifa-BA) e Milton Otaviano dos Santos (Fifa-RN).
OBS: Ingressos esgotados.

Leia, ainda, estes outros textos, produzidos pela Equipe Toca do Leão.

“Ah! É Romerito!”

Movimento pela Paz, na Ilha

PM e Juizado do Torcedor em ação

Arrogância Paulista

Respeito ao Sport e a Pernambuco

"Ah! É Romeritoooo!"

Equipe Toca do Leão

O Corínthians e o Goiás, com seu jogo sujo nos bastidores, conseguiram tirar o ídolo rubro-negro Romerito das finais da Copa do Brasil. Eles não puderam, porém, acabar com o carinho do meio-campista pelo Sport Club do Recife e sua apaixonada torcida, o que é recíproco.

Romerito desembarca hoje, no início da tarde, como colocou nossa colega Irce Pires, para assistir à partida entre Sport e Corínthians, na Ilha, ao lado de Fumagalli, outro ídolo leonino.

Se o Sport conquistar a Copa do Brasil, Romerito pretende comemorar no campo, com o grupo rubro-negro, essa conquista que, certamente, também pertence a ele!

O jogador, que não ficou nada feliz em ter que voltar para o Goiás, já assinou um pré-contrato com o Sport, para voltar ao clube em janeiro de 2009.

Valeu, Romerito!!!

Movimento pela Paz na Ilha

Equipe Toca do Leão
Por Mariana Maia
(com informações do MOVPAZ)

A organização Movimento Internacional Pela Paz e Não-Violência (MOVPAZ) realizará, em parceria com a FPF, um ato de paz e pela não-violência nos estádios de futebol. A manifestação está programada para acontecer 20 minutos antes da partida entre Sport e Corínthians, esta noite, no gramado da Ilha.

O ato constará da entrada de crianças no campo, vestindo camisetas brancas com inscrições pela paz. Elas ainda levarão consigo balões azuis e brancos, que, quando soltos, exibirão uma faixa na qual poderemos ler a palavra PAZ.

A Equipe Toca do Leão parabeniza os idealizadores do ato, coordenado pelo amigo Saulo Cabral.

terça-feira, 10 de junho de 2008

PM e Juizado do Torcedor em ação

Equipe Toca do Leão
Por Mariana Maia
(com informações das Assessorias)

A Polícia Militar de Pernambuco colocará cerca de 950 homens para trabalhar na final da Copa do Brasil, dentro e fora do Estádio Adelmar Costa Carvalho. Uma mega operação nunca vista antes num jogo de futebol no nosso estado.

Várias unidades da corporação estarão envolvidas na partida, entre elas, a ROCAM (Ronda Ostensiva com o Apoio de Motos), a Rádio Patrulha, a Companhia Independente de Policiamento com Cães (CIP Cães) e o Décimo Segundo Batalhão, além de um helicóptero sobrevoando as proximidades do estádio.

Estou certa de os policiais saberão ser enérgicos com possíveis vândalos travestidos de torcedores, garantindo a segurança de quem realmente vai só para torcer e festejar, dentro e fora do estádio.

Juizado do Torcedor - O Juizado Especial do Torcedor (JETEP) do Tribunal de Justiça de Pernambuco funcionará, nesta quarta-feira, não só dentro da Ilha do Retiro, como também manterá um posto fora dela, na sede da Rádio Patrulha, na Rua Dom Bosco, bairro da Boa Vista.

Como a violência nos estádios de Pernambuco está praticamente controlada, o objetivo é garantir a ordem também fora dele. As unidades do JETEP contarão, cada uma, com a presença de um juiz, um promotor e servidores do Poder Judiciário.

O Juizado atua no julgamento de infrações cíveis e criminais de menor potencial ofensivo, com pena de até dois anos de prisão, dentre as quais lesão corporal leve, furtos e roubos. As duas unidades começarão a funcionar duas horas antes do início do jogo e atuarão até duas horas depois do final da partida.

Arrogância paulista!

Equipe Toca do Leão
Com Mariana Maia

A direção do Corínthians, adversário do Sport na final da Copa do Brasil, é arrogância pura às vésperas da partida decisiva na Ilha. O presidente deles, Andrés Sanchez, para quem "a torcida corinthiana é maior, em todos os sentidos" (...), e o vice, Mário Gobbi Filho convocaram a imprensa do eixo do mal para esbravejar que não foram atendidos pela direção do Sport em relação aos ingressos para sua torcida.

O Sr. Sanchez teria solicitado cerca de três mil ingressos para os torcedores que vieram ou vêm de São Paulo, enquanto o Sr. Gobbi falou em "cumprir a lei" e quis exigir que o Sport cedesse 10% da carga de ingressos (cerca de 3.200) da lotação de 32 mil, para a sua torcida. Chegaram a falar até em cerca de 4 mil paulistas chegando ao Recife, o que superaria os 10% da lei.

Aí eu pergunto: como é que esses caras tem a coragem de falar em "lei dos 10%"?!?! O que eles teriam a dizer sobre o jogo no Morumbi, quando foram cedidos apenas 1.050 ingressos para a torcida do Sport, dos 6.800 (carga de 68 mil) previstos em lei? Só faz uma semana e esses senhores paulistas, arrogantes e autoritários, já esqueceram? Ou será que eles acham que as coisas se resolvem assim, numa via de mão única?!


No site oficial do adversário (www.corinthians.com.br), os cartolas que se acham os tais, fazem publicar nota oficial, tentando intimidar (ameaçando mesmo) o Sport Club do Recife, declarando que vão entrar na Justiça pela atitude do Sport.

Vejam as declarações, incitando, inclusive, a violência partindo da torcida deles.

Amanhã, não só o Corinthians como muitos torcedores que estão se sentindo lesados vão lavrar boletim de ocorrência. Nós vamos responsabilizar o Sport em todas as áreas possíveis, principalmente na área esportiva. (...) Estamos fazendo um alerta para o que pode vir a acontecer na Ilha do Retiro. (Sanchez)

Nós não estamos pedindo uma gentileza e nem um favor. Nós estamos querendo o que é de direito nosso, o que é dever e obrigação do presidente do Sport, que é ceder a cota mínima. E ele não cedeu. Nós tememos muito pelo que pode acontecer amanhã em torno do estádio com os torcedores que estiverem por lá. E tudo o que acontecer na Ilha do Retiro será responsabilidade do presidente do Sport. O que ele está fazendo é um desrespeito ao povo brasileiro, que não merece uma conduta como essa. (Gobbi)

Fontes oficiais do Sport Club do Recife informam que a quantidade de ingressos disponibilizada para os adversários é de 2.500 bilhetes. Sinceramente? Acho muito! Daria o troco e só colocaria 500 ingressos pra eles, já que a capacidade do nosso estádio é a metade da lotação do Morumbi, na semana passada.

Venham, corinthianos, e fiquem do lado de fora do estádio, como muitos de nós ficaram em São Paulo. E à direção do clube paulista: O mundo não gira em torno do time de vocês, nem de São Paulo! Respeitem o Sport Club do Recife, nossa imensa e apaixonada torcida e o estado de Pernambuco!

Respeito ao Sport e a Pernambuco!

Equipe Toca do Leão
Com Mariana Maia

Antes do jogo contra o Palmeiras, que é sempre bom lembrar: nossos reservas venceram os titulares deles por 2x0, escrevemos o texto "Torcida não pode entrar em provocações" (sexta, 06/5).

Na postagem, falamos sobre a necessidade da torcida do Sport manter a calma e não responder às provocações sem fundamentos e ao racismo vindo dos torcedores paulistas e de parte da mídia do Sudeste, além do treinador palmeirense.

Recebemos o comentário do amigo e grande rubro-negro Alberto Fernandes, o qual transcrevemos agora, por se aplicar, igualmente ao jogo de amanhã, contra o Corínthians, na Ilha, pela grande final da Copa do Brasil. Segue a opinião do nosso internauta Alberto.


A luta é semelhante a 1987. Não podemos dar bobeiras, pois estes cretinos sulistas (salvo raras execeções) estão querendo nos prejudicar a qualquer custo, principalmente o pessoal da inescrupulosa Rede Globo - máfia maior do jornalismo esportivo brasileiro.

É preciso que o presidente Milton Bivar, a exemplo do que fizera Homero Lacerda em 1987/1988, exija respeito pelo SPORT. E tem mais: rivalidades à parte, está na hora de os clubes pernambucanos se unirem para defenderem-se deste preconceito, já que os paraibanos, alagoanos, potiguares e alguns outros são vassalos dos times sulistas.

Que tal iniciar uma campanha em defesa total do nosso futebol? Não precisamos torcer por nossos rivais locais, mas deixar de torcer por times sulistas. Estes caras só querem nos prejudicar.

PELO SPORT TUDO!!!!!

segunda-feira, 9 de junho de 2008

Arbitragem definida

Equipe Toca do Leão

O dono do apito na finalíssima da Copa do Brasil, entre Sport e Corinthians, será o mineiro Alicio Pena Junior/FIFA. Ele será auxiliado por dois nordestinos: Alessandro Álvaro Rocha de Matos (BA) e Milton Otaviano dos Santos (RN).

Alicio é o mesmo que apitou as duas partidas da semifinal entre Sport e Vasco. Esperamos que o trio não seja influenciado pelo fator extra-campo e faça um bom trabalho.

SPORT 2 x 0 Palmeiras - Ficha do jogo

Equipe Toca do Leão

SPORT 2x0 Palmeiras

Campeonato Brasileiro,
Quinta rodada

Ilha do Retiro
Domingo, 08/06/2008

SPORT: Cléber; Diogo, Igor (Durval), César e Fábio Gomes; Bia, Everton, Júnior Maranhão e Juninho (Francisco Alex); Luciano Henrique e Roger.

Palmeiras: Marcos; Elder Granja, Gustavo, Maurício e Leandro; Pierre (Sandro Silva), Léo Lima (Lenny), Diego Souza e Valdívia; Denílson (Jumar) e Alex MineiroTécnico: Vanderlei Luxemburgo

Árbitro: Jaílson Macêdo Freitas (BA), auxiliado por Altemir Hausmann (RS) e Griselildo de Souza Dantas (PB).

Gols: Luciano Henrique (aos 14 minutos do 2° T) e Roger (aos 42 minutos do 2° T)
Cartões amarelos: Diogo, Júnior Maranhão, Juninho e Roger (Sport); Léo Lima, Denílson e Maurício (Palmeiras)
Público: 17.899 - Renda: R$ 58.068

Sport ignora o Palmeiras, na Ilha

Equipe Toca do Leão
Com Mariana Maia

Que Previsão de 1 x 1, que nada...o Sport, jogando com seu time considerado reserva (apenas dois titulares) não tomou conhecimento do Palmeiras completo e de todo o '"não me toque" do treinador Vanderlei Luxemburgo e de alguns jogadores adversários.

Contrariando as expectativas loucas de parte da imprensa de São Paulo, que que o Palmeiras golearia o Leão, o Sport, de Nelsinho, mesmo sem sua força máxima, mas com qualidade e muita raça mostrou quem manda na Ilha. E os palmeirenses, que pareciam sentir medo da Ilha, já viraram fregueses.

O Sport fez 2 x 0, na segunda etapa, com o seu ataque: aos 14 minutos, Luciano Henrique chutou cruzado, da direita, e o zagueiro Gustavo, na tentativa de tirar a bola, cabeceou pro gol. Na súmula, gol de LH, que mostrou mais confiança, no jogo de ontem.

Aos 42 minutos, Francisco Alex, que havia entrado no lugar do estreante Juninho, correu pela esquerda e cruzou. Róger, de longe, cabeceou forte para matar qualquer chance do time paulista, que na verdade, parecia morto no jogo inteiro.

O Sport teve chances de sair com um placar melhor, em tentativas de Diogo (3), Luciano Henrique e Éverton. O melhor momento, tirando os gols, foi uma bola no travessão mandada por Diogo, em cobrança de falta ainda no primeiro tempo.

Foi um jogo pra não sair da memória dos quase 18 mil expectadores que foram à Ilha. Destaque para o volante Bia, que foi muito bem nos desarmes, anulando o meio-campo do adversário, para Diogo, César e Éverton, que tiveram ótimas atuações, enfim, para o time todo.

Com os três pontos, o Sport chega aos oito e já está no sexto lugar na classificação. O próximo compromisso do Leão, pelo Brasileiro, é no sábado, diante do Figueirense, em Florianópolis. Antes, porém, um desafio importantíssimo e que não sai da cabeça de nenhum rubro-negro da Ilha: a final da Copa do Brasil, depois de amanhã, quando o time pode ser campeão fazendo o que fez ontem, diante de outro paulista: 2 x 0!

E Luxemburgo?!?! Não teve nem coragem de se levantar do banco para orientar sua perdida equipe...Ele deve continuar achando que é melhor os times do Sudeste não virem mesmo jogar em Pernambuco! Não tem dado sorte pra eles...
 
Layout criado por Templates Para Novo blogger 2007 e adaptado por Thiago Neres para o blog Toca do Leão